br ar    v a l v

Odete Santos apadrinha festival de Teatro em Esmoriz PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Domingo, 08 Outubro 2006 22:00
Etiquetas:

foto

Respondendo ao convite da Companhia de Teatro Renascer, a conhecida e prestigiada deputada comunista e actriz Odete Santos deslocou-se no passado sábado  a Esmoriz para apadrinhar o 7º Festival de Teatro Renascer 2006.

 

Ao longo de uma noite memorável, que acolheu centenas de pessoas ao "Esmoriztour", ficou bem patente a admiração do povo pela camarada Odete, que não teve mãos a medir para tantos cumprimentos, incentivos e outras manifestações de carinho.

Depois de uma sentida homenagem aos poetas da terra na forma de uma peça concebida propositadamente pela Companhia Renascer, seguiram-se um conjunto de intervenções, a mais aguardada de todas a cargo da actriz convidada Odete Santos.

 

Procurando partilhar alguma da sua larga experiência no teatro amador com a assistência, a deputada comunista fez das suas palavras um verdadeiro hino ao teatro como elemento de reflexão e de intervenção numa sociedade cada vez mais injusta onde predominam o individualismo e o egoísmo. Num texto lido de forma sentida que tocou bem fundo na alma de cada um dos presentes, Odete Santos dirigiu a todos os presentes um apelo lancinante ao inconformismo, sendo o teatro a arte do inconformismo por excelência.

De salientar, igualmente, a intervenção do representante da ANTA - Associação Nacional de Teatros Amadores - que chamou a atenção para a necessidade do apoio oficial ao teatro amador, lamentado também a ausência de um interlocutor directo do governo com o qual se possa dialogar.

foto

Seguidamente e a pedido da organização, mas sem se fazer rogada como fez questão de frisar, Odete Santos ainda teve tempo para brindar o público com uma arrebatadora interpretação do poema Calçada de Carriche, de António Gedeão, que levantou a plateia:

"Luísa sobe, sobe a calçada,
sobe e não pode que vai cansada..."

No final da noite, durante o habitual convívio que juntou a companhia com muitos e muitos amigos do teatro, era visível a satisfação de todos por terem participado directa ou indirectamente numa iniciativa marcante que não deixará de ser recordada com saudade.