br ar    v a l v

CDU analisa PIDDAC 2007 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Sexta, 20 Outubro 2006 22:00
Etiquetas:

imagem

A Comissão Coordenadora de Ovar da CDU, depois de analisar a proposta de PIDDAC para 2007, vem através desta nota manifestar as suas enormes reservas perante aquilo que considera como sendo mais um passo no aprofundamento da crise económica em que o país de encontra.

 

Num momento em que seria necessário mais investimento público para relançar a economia e compensar a quebra do investimento privado, o governo apresenta uma proposta que fica muito aquém das necessidades do país. Apesar de um ligeiro aumento no valor total nacional, que mal chega para compensar o valor da inflação, a proposta de PIDDAC para 2007 penaliza fortemente a Região Centro, com uma diminuição de 30% relativamente a 2006, e particularmente o Distrito de Aveiro com uma quebra de 40%.

 

No que ao Concelho de Ovar diz respeito, num quadro profundamente injusto onde cerca de 60% da verba distrital fica concentrada apenas em 2 concelhos (Aveiro e Espinho), verifica-se um ligeiríssimo aumento de 0,3% relativamente ao ano passado, com uma verba de pouco mais de 600 000 euros.

A Comissão Coordenadora de Ovar da CDU entende que a dotação para o Concelho de Ovar do PIDDAC para 2007 constitui mais uma vez um insulto à população e um forte travão para o desenvolvimento da região. Para reavivar a memória importa referir que a verba atribuída a Ovar no PIDDAC chegou a ultrapassar os 2 milhões de euros há poucos anos (2002), pelo que, na realidade, esta dotação representa apenas algumas migalhas do bolo orçamental.

 

Desta forma, muitas infra-estruturas necessárias continuarão por construir, apesar de muitas delas terem sido objecto de propostas do Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República, que procurou, no âmbito das suas possibilidades, reverter a situação. Como exemplos destes projectos podemos citar a recuperação do Cais da Ria de Aveiro (Ribeira, Tijosa, Cais da Pedra e Puchadouro), a recuperação da Barrinha de Esmoriz, a beneficiação do Museu de Ovar, a conclusão da rede de saneamento básico no Concelho, os postos de vendagem do peixe no Furadouro e na Praia de Esmoriz, o Centro de Dia de S. João, as extensões de Válega e Maceda do Centro de Saúde ou ainda o Complexo Desportivo Municipal com a prometida pista de atletismo.