br ar    v a l v

Jorge Machado contacta trabalhadores da Aerosoles PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Segunda, 02 Março 2009 17:36
Etiquetas:
Jorge Machado com trabalhadores da Aerosoles

Num momento de enorme angústia por parte dos trabalhadores da Aerosoles, mas também de expectativas tendo em conta as hesitações, avanços e recuos por parte dos decisores deste processo (Governo e Administração do Grupo Investvar), o PCP, através do seu deputado na Assembleia da República, Jorge Machado, fez questão de na passada sexta-feira mais uma vez dar provas do seu apoio total à luta dos trabalhadores pela defesa do emprego e da produção nacional.

 

Num momento em que, de forma totalmente inaceitável, de colocam mais uma vez em causa os salários dos trabalhadores, o PCP, pela voz de Jorge Machado e dos dirigentes que o acompanhavam não se cansou de incentivar os trabalhadores a manterem-se firmes perante as ameaças, a chantagem e a mais completa falta de vergonha.

Comunistas estiveram à porta da empresa

Como é público, o Estado Português, através dos fundos públicos de capitais de risco Aicep Capital Global e Inov Capital, é neste momento o maior accionista do grupo com uma participação de 48,46% do capital social. Cabe portanto ao Governo e a mais ninguém preservar esta empresa e a totalidade dos postos de trabalho. Uma empresa viável, como uma carteira de encomendas invejável e detentora de uma marca prestigiada para a qual contribuíram todos os trabalhadores ao longo de várias décadas.

 

Depois de devidamente informado, Jorge Machado irá de seguida apresentar na Assembleia da República um terceiro requerimento exigindo ao governo uma tomada de posição sobre o relatório da consultora Roland Berger que advoga a deslocalização da produção da Aerosoles para a Índia. Está igualmente em preparação uma interpelação ao Ministro da Economia sobre esta matéria do qual se espera uma decisão consentânea com o discurso do governo que tem reafirmado que tudo fará para defender o emprego.