br ar    v a l v

PCP denuncia abandono dos espaços verdes na Habitovar PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Segunda, 19 Dezembro 2011 13:33
Etiquetas:

Postes em situação precária motivam queixas

São já várias as intervenções do PCP a propósito dos espaços verdes da Habitovar, cuja responsabilidade foi já há vários anos assumida pela Câmara Municipal de Ovar através de um protocolo assinado com a Direcção da Cooperativa. Desde então, e apesar do citado protocolo, os mesmos espaços têm-se degradado a olhos vistos para desespero dos moradores.

Fruto desta gritante falta de manutenção, o PCP recebeu recentemente queixas de moradores relativas ao espaço compreendido entre a Rua Adriano Correia de Oliveira e a Rua Agostinho da Silva. Após uma deslocação ao local, Miguel Viegas, eleito comunista na Assembleia Municipal, enviou já um requerimento reclamando uma intervenção do Executivo Municipal (ver em anexo).

 

Conforme é possível observar no terreno, a área que deveria estar ajardinada está completamente degradada, cheia de lixo, e profusamente ocupada por excrementos de cães e gatos. Ou seja, uma área nobre que deveria estar ajardinada e bem cuidada dando assim pleno sentido ao IMI cobrado soberanamente pela nossa Câmara à taxa máxima permitida por lei.

Outra situação igualmente denunciada pelo PCP prende-se com os postos de iluminação junto à rua Agostinho da Silva. Com a erosão do solo composto basicamente por areia, a verdade é que os postos ameaçam cair para o lado da rua Adriano Correia de Oliveira, antevendo a possibilidade de uma tragédia. Refira-se que é a segunda vez que o PCP denuncia tal situação, o que não impediu a queda de um deles, felizmente sem consequências de maior.

 


 

REQUERIMENTO


Requerimento dirigido a:

Exmo. Sr. Presidente da Assembleia Municipal
Assunto:
Rua Agostinho da Silva

 

Exmo. Sr. Presidente:

Respondendo a uma queixa de um morador do Habitovar, venho por este meio chamar a sua atenção para uma situação relacionada com o espaço público daquela localidade da nosso cidade, mais particularmente com a área compreendida entre a Rua Adriano Correia de Oliveira e a Rua Agostinho da Silva.

Conforme pude observar no terreno, a área que deveria ser ajardinada está profundamente degradada e cheia de lixo, tendo sido inclusivamente transformada numa área predilecta para canídeos e felídeos depositarem os seus “presentes”, com a conivência dos respectivos donos.

Outra situação que me parece digna da sua maior atenção prende-se com os postos de iluminação junto à rua Agostinho da Silva. Com a erosão do solo composto basicamente por areia, a verdade é que os postos ameaçam cair para o lado da rua Adriano Correia de Oliveira, antevendo a possibilidade de uma tragédia. Refira-se que é a segunda vez que o PCP denuncia tal situação, o que não impediu a queda de um deles, felizmente sem consequências de maior.

Sem mais, despeço-me cordialmente, exortando a Câmara a tomar as medidas necessárias para resolver esta questão.

Ovar, 18 de Dezembro de 2011

Miguel Viegas
Eleito do PCP na Assembleia Municipal de Ovar