br ar    v a l v

PIDDAC 2006 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Quarta, 19 Outubro 2005 22:00
Etiquetas:

foto

A Comissão Concelhia de Ovar do PCP, depois de analisar a proposta do PIDDAC para 2006, regista com grande preocupação uma diminuição significativa do investimento público, com graves consequências, quer ao nível do distrito de Aveiro, quer, particularmente, ao nível do concelho de Ovar.

 

Esta redução, que atinge a globalidade do distrito de Aveiro em 14% face a 2005, traduz-se de forma diversa nos vários concelhos. Enquanto o concelho de Ovar sofre uma quebra escandalosa de 26%, Espinho obtém um reforço de 50%.

Apesar de inúmeras carências de toda a ordem, o Governo persiste nas mesmas políticas, que têm levado o país à bancarrota, privando, assim, a população do desenvolvimento e da melhoria da qualidade de vida a que tem direito. O panorama em Ovar é desolador, resumindo-se o PIDDAC a 5 pequenas rubricas, sem dúvidas necessárias (veja-se o Centro de Saúde de S. João), mas muito aquém das reais necessidades.

 

A Barrinha de Esmoriz deixa de ser contemplada, assim como outros projectos tão necessários, tais como os Postos de Vendagens do Furadouro e da Praia de Esmoriz, o Centro de Dia de S. João, a Recuperação dos Cais da Ria, a Construção de uma nova Escola EB23, a Requalificação do Museu de Ovar, etc.

Sendo certo que este PIDDAC 2006 continua a ser apenas uma proposta, o PCP, através do seu Grupo Parlamentar na Assembleia da República, não deixará de elaborar um conjunto de sugestões visando completar e reforçar este PIDDAC e desde já apela às organizações locais dos Partidos representados na Assembleia da República para que assumam as suas responsabilidades, evitando que Ovar volte a ficar na cauda do desenvolvimento.