br ar    v a l v

O aumento dos preços e o agravamento das condições de vida do povo PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Segunda, 02 Janeiro 2012 19:00

 

Ler intervenção em www.pcp.pt

 
Mensagem de Ano Novo de Jerónimo de Sousa, Secretário-Geral do PCP PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Sábado, 31 Dezembro 2011 18:13

 
Há soluções, como o PCP tem proposto PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Sábado, 24 Dezembro 2011 20:18
Etiquetas:

 
Declaração de Jerónimo de Sousa sobre a Greve Geral de 24 de Novembro de 2011 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Quinta, 24 Novembro 2011 23:08

 

Ler intervenção em www.pcp.pt

 
Toda a informação sobre a Greve Geral 24/Novembro 2011 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Quinta, 24 Novembro 2011 12:40

Toda a informação sobre a Greve Geral em http://grevegeral.net

Informação ao minuto na página do PCP » http://www.pcp.pt/greve-geral-2011

Álbum de fotografias: http://pcp.pt/node/253421

Informação ao minuto também no facebook » http://www.facebook.com/pages/Greve-Geral-de-24-de-Novembro-de-2011/170564343035447

 

Noticiário 20h

Continuar...
 
Não se cale, pois quanto mais calados, mais roubados PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Quinta, 20 Outubro 2011 21:01
Etiquetas:
 
Ovar presente na grande manifestação no Porto PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Sábado, 01 Outubro 2011 22:51
Etiquetas:

 

 

 

 
PCP apresenta requerimento sobre despedimentos da AS Pereira em Esmoriz PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Domingo, 18 Setembro 2011 22:23
Etiquetas:

Após o regresso de férias, quando se aprontavam para retomar o trabalho, vários trabalhadores da empresa do sector têxtil AS Pereira, em Esmoriz, foram confrontados com uma situação de despedimento. Logo que tomou conhecimento desta situação vivida por nove trabalhadores da empresa (8 mulheres e um homem) o Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República questionou o governo, exigindo o esclarecimento e  a sua intervenção sobre esta situação.

Acresce ainda o facto dos trabalhadores, segundo declarações à imprensa, terem recebido propostas posteriores da mesma entidade patronal para trabalharem à hora por 2,5 euros. Não obstante, a fábrica encerrou por “dificuldades económicas”, sendo certo que a entidade patronal, após demora na entrega do formulário para ser entregue na Segurança Social, a fim de ser pago o subsídio de desemprego, terá tentado negociar a prestação futura de trabalho. Foi ainda noticiado que uma equipa da ACT terá estado presente, sendo de crucial importância conhecer o resultado da acção inspectiva.

 

Ovar 18 de Setembro de 2011

A Comissão Concelhia de Ovar do PCP

 
Mais fortes para continuar a luta PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Segunda, 06 Junho 2011 01:09

 
Os resultados eleitorais confirmam um crescimento da CDU PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Quinta, 02 Junho 2011 00:00

Miguel Viegas e Lúcia Gomes

Nota da Comissão Coordenadora CDU do distrito de Aveiro

 

Os resultados eleitorais confirmam um crescimento da CDU e a derrota da política de direita do Governo PS e da sua submissão ao pacto da Troika

 

Os resultados das eleições legislativas, apurados até este momento, indicam o crescimento da CDU a nível nacional, em votação e na eleição de mais um deputado. A nível distrital a CDU cresceu cerca de 5% da sua massa eleitoral, superando os 15700 votos e deu passos muito importantes na consolidação do seu eleitorado, particularmente entre os trabalhadores e outras camadas sociais vítimas das políticas de direita. A CDU foi a única força política à esquerda do PSD que melhorou o seu resultado eleitoral. Estas são as terceiras eleições legislativas consecutivas em que se verifica a consolidação e crescimento da CDU, a nível nacional e distrital, o que constitui um elemento de grande importância para o futuro.

A CDU confirma-se, nestas eleições, como a força que, pela sua implantação social, intervenção, coerência e projecto, está em condições de abrir caminho a uma ruptura com as políticas de direita, prosseguidas há 35 anos, e continuar a luta contra o Pacto entre a troika estrangeira da agressão e a troika da submissão, do PS/PSD/CDS. A CDU emerge destas eleições como a força da ruptura e mudança, duma alternativa e duma política patriótica e de esquerda para o nosso país.

O PS sofreu uma pesada derrota, apesar da vitimização, da mistificação e da bipolarização artificial da campanha eleitoral. A sua derrota dá a verdadeira dimensão do repúdio nacional pelas suas políticas, designadamente a política de concentração da riqueza dos OEs, dos PECs e do Pacto das troikas.

O PSD sai destas eleições com um crescimento eleitoral significativo, resultado directo do descontentamento popular com o PS, e apesar das suas efectivas responsabilidade nas políticas de direita de todos estes anos e da sua absoluta identificação com o “programa comum” da Troika, que se vai abater sobre os trabalhadores e o povo, pondo em causa as suas condições de vida e a própria soberania nacional.

Neste momento político, importa tornar claro que estes resultados não legitimam o pacto de agressão e submissão que querem impor ao nosso povo – o pacto é inconstitucional quanto ao seu conteúdo e antidemocrático quanto ao seu percurso e objectivos. O Pacto continuará a merecer a resistência e a luta do nosso povo, até à sua derrota, até que seja possível um outro rumo para Portugal.

Este resultado da CDU foi construído, num quadro de grandes dificuldades, de silenciamento e deturpação das posições da CDU, num quadro de ocultação e mistificação dos media dominantes e de pensamento único, ditado pelo unanimismo da troika do PS/PSD/CDS. Este resultado foi construido com a intervenção e a luta dos activistas do PCP e do PEV e de tantos homens, mulheres e jovens sem partido, que integram esta coligação.

A Comissão Coordenadora da CDU do Distrito de Aveiro saúda todos os seus candidatos e activistas, valorizando o seu empenho e participação na construção deste resultado eleitoral, e saúda todos aqueles que confiaram o seu voto a esta coligação, particularmente os cerca de 800 novos votantes. Podem confiar na CDU. Por uma política patriótica e de esquerda. A luta continua.

A Comissão Coordenadora Distrital da CDU

 

Aveiro, 5 de Junho de 2011

 
Os candidatos da CDU em contacto com as pessoas em Ovar PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Domingo, 29 Maio 2011 12:56

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 8 de 14